FASETE - Faculdade de Sete de Setembro

Revista Rios Eletrônica

Revista Eletrônica da Faculda Sete de Setembro - FASETE
ISSN 1982-055


Edição 2015

O CAOS E AS SIMBOLOGIAS EM HOJE É DIA DE MARIA: segunda jornada de Carlos Alberto Soffredini

João Gabriel Carvalho Marcelino / Joranaide Alves Ramos

RESUMO

Neste estudo, analisa-se a relação da filosofia e do mito do caos com a cidade e a guerra na microssérie Hoje é dia de Maria – Segunda Jornada (2005), baseada na obra de Carlos Alberto Soffredini. Para tanto, são observadas as representações do caos na obra do ponto de vista da filosofia na construção do homem e as simbologias empregadas na obra. Utilizando-se o ponto de vista filosófico observa-se o caos como um estado transitório necessário a formação do homem em sua busca por perfeição; do ponto de vista mitológico, observam-se as simbologias que são empregadas na obra para representar a desordem, a efemeridade da vida, o próprio caos e a guerra. Desta forma, é possível observar como a obra estudada se relaciona com o conceito de caos e transitoriedade na narrativa de viagem e como as simbologias são empregadas para representar conceitos e ideias. Para este estudo utilizam-se as reflexões de Chevalier & Gheerbrant (2015), Danelon (2004) e Tognoli (2012), entre outros.

PALAVRAS-CHAVE: Carlos Alberto Soffredini. Caos. Hoje é dia de Maria.

ABSTRACT

In this study, it is analyzed the relation of philosophy and the myth of chaos with the city and the war in the micro-series Hoje é Dia de Maria – Segunda Jornada (2005), based on the work of Carlos Alberto Soffredini. For this, are observed the representations of chaos in the work from the point of view of philosophy about the construction of man and the symbologies employed in the work. Utilizing the philosophical point of view, the chaos is observed as a transitory state necessary to the formation of man in its search for perfection; from the mythological point of view, are observed the symbologies that are used in the work to represent disorder, the frailty of live, the chaos itself and the war. Thus, it is possible to observe how the studied work relates to the concept of chaos and transience in the travel narrative and how the symbologies are employed to represent concepts and ideas. For this study, we utilize the reflections of Chevalier & Gheerbrant (2015), Danelon (2004) e Tognoli (2012), among others.

KEYWORDS: Carlos Alberto Soffredine. Chaos. Hoje é Dia de Maria

PDF


Conteúdo da revista

Pesquisa

Indexadores

  • LatIndex
  • LivRe!
  • LivRe!

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino LTDA
Rua Vereador José Moreira nº 1000 - Perpétuo Socorro - CEP: 48603-004 - Fone/Fax: (75) 3501-0777 - Paulo Afonso - Bahia - Brasil